CapaNotícias

Elerj comemora 10 anos

Uma solenidade no Plenário Barbosa Lima Sobrinho da Assembléia Legislativa do Rio (Alerj) marcou, nesta quarta-feira (09/11), a comemoração dos 10 anos de fundação da Escola do Legislativo do Estado do Rio de Janeiro (Elerj), cuja missão é contribuir para o aperfeiçoamento da prática e da teoria legislativa através da formação de quadros técnicos para o parlamento fluminense. O deputado Luiz Paulo esteve presente para homenagear a Elerj. O parlamentar fez um belo discurso, elogiado posteriormente pelos presentes à solenidade.

Durante o evento, o presidente da Casa, recebeu das mãos do presidente da Associação Brasileira das Escolas Legislativas, Florian Madruga, a Lei Orgânica do Município do Rio de Janeiro e a Constituição Estadual, ambas em braile, para serem catalogadas na biblioteca da Assembléia e da Elerj.

Criada em 30 de agosto de 2001, através da resolução 666/01, por iniciativa da então deputada Andreia Zito, que se fez representar no evento, a Elerj promove desde a educação fundamental de jovens e adultos até cursos de pós-graduação, passando por treinamentos de curta duração e formação técnica em assuntos legislativos. Só em 2011 foram qualificadas cerca de duas mil pessoas.

O programa de pós-graduação, por exemplo, já está em sua terceira turma. Algumas ações de sucesso foram implantadas nesses dez anos. Entre elas destacam-se a Educação de Jovens e Adultos; a promoção de seminários e conferências para Câmaras Municipais do estado; e a inauguração do polo de Pré-Vestibular Social gratuito, voltado para estudantes de baixa renda.

O trabalho, no entanto, avançou mais. Foram fechadas parcerias com a Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) e a Escola de Magistratura do Estado do Rio de Janeiro (Emerj). A Elerj está voltada prioritariamente para funcionários efetivos, comissionados e requisitados. Contudo, também atende o público externo, buscando aproximar o Poder Legislativo da sociedade.

Segundo a diretora-geral da unidade, Rosângela Fernandes, mais do que salientar as conquistas, é hora agora de olhar para o futuro. “O próximo passo é fazer a integração com as Câmaras Municipais. E 2012, por ser ano eleitoral, será uma boa oportunidade. Um dos projetos é firmar parceria com a Interlegis (Programa de Integração Legislativa) do Senado Federal para criar uma formação para os novos vereadores”, adiantou.