NotíciasSlideshow

Cancelaram 137 milhões de reais para recuperação da Região Serrana!

É inacreditável, mas para o governo, através do decreto 44470/2013, abrir crédito suplementar num valor global de mais de R$192 milhões, serão cancelados R$137 milhões das obras de recuperação da Região Serrana!

71,8% do crédito suplementar será em função deste cancelamento. Fomos ao sistema Sig/Siafem e constatamos que o programa de trabalho das obras de recuperação da Região Serrana estava orçado em aproximadamente R$200 milhões, logo, 68,5% deste programa será cancelado. É um absurdo e inadmissível que isto aconteça, logo agora que estamos em vias de votar o orçamento para o ano que vem.

O interessante é que, se você continuar a ler o demonstrativo de execução orçamentária da despesa, vai ver uma outra operação de crédito para recuperação de local atingido por catástrofes de R$200 milhões, dos quais até agora só gastou R$1,5 milhão. Ora, seria correto, então, cancelar a debaixo e não cancelar a Região Serrana.
Pegar a região mais atingida por catástrofes no nosso Estado, que foi a Região Serrana, que até hoje luta com milhares de problemas, e cancelar 137 milhões de um programa de aproximadamente 200 milhões. Isso é de uma insensibilidade com a população da Região Serrana inimaginável, até porque continua grave na região a questão habitacional.