Temas

Não derrubem a Perimetral!

Imagine a cena: congestionamentos intermináveis. Ponte Rio-Niterói, Av. Brasil, Linha Vermelha, Av. Rodrigues Alves, Av. Francisco Bicalho, Av. Presidente Vargas, todas paradas. Imagine ainda, filas e mais filas que se estendem da Praça XV até a Rua Primeiro de Março para a Estação das Barcas. Cenário caótico, não?

Pois em pouco tempo, essa poderá ser a nossa rotina. Com a derrubada do Elevado da Perimetral, deslocar-se aos extremos da cidade e às outras cidades da Região Metropolitana será uma tarefa quase heróica. Já perdemos tempo demais no trânsito, haja visto o número de veículos circulando e a falta de qualidade do sistema de transporte. Sem o Elevado, esse tempo irá aumentar, senão dobrar!

E não podemos esquecer do assalto ao nosso bolso. Serão gastos milhões de reais para derrubar um elevado e dar lugar a um túnel urbano (mergulhão) que será construído abaixo do lençol freático, sujeito a inundações nos momentos das grandes chuvas. Mergulhão que precisa de rampas de descida e de subida, promovendo reduções no fluxo de trânsito e retenções, além de provocar a sensação de confinamento aos usuários.

E por qual motivo seu dinheiro será jogado no ralo?

Alega o Prefeito da cidade do Rio de Janeiro que a Via Elevada é feia e que é necessário valorizar os novos imóveis comerciais e residenciais que serão construídos na área do Porto Maravilha.

É justo que recursos públicos paguem a demolição do Elevado da Perimetral? É justa a construção do mergulhão com prejuízo à mobilidade para beneficiar a iniciativa privada?

Não seria mais inteligente adequar o elevado, revitalizando-o para que ele se integre ao Projeto Porto Maravilha?