CapaNotícias

Apesar da crise econômica, vamos permanecer vigilantes em defesa das pessoas

lp-rjtv

A situação financeira do Estado é caótica. O primeiro passo é o governo reduzir despesas de investimento, se não houver resultado, terão que contingenciar o custeio, se não tiver saída, haverá corte de pessoal que é a ultima das últimas hipóteses. Neste caso, vamos usar todas as nossas forças para que não haja demissões.

Assista matéria do RJTV 2ª Edição publicada em 02/09, com a palavra do deputado Luiz Paulo sobre este assunto >