Luiz Paulo participa de homenagem a militares perseguidos pela ditadura

O deputado Luiz Paulo participou da homenagem, organizada pelo deputado Paulo Ramos (PDT), junto com outros parlamentares, aos militares que foram presos, perseguidos e torturados pelo Regime Militar a partir de 1964.

 

Luiz Paulo, um dos autores da Comissão Estadual da Verdade, salientou que este período (1964-1984) foi um período triste da vida política do país, mas ao mesmo tempo de muitos sonhos, onde civis e militares sonhavam com um Brasil melhor. Para ele, a ditadura, de forma pragmática, foi uma ditadura do poder econômico internacional, uma ditadura civil sustentada por um grupo de comando militar. Mais do que lutar contra esse regime, civis e militares que não concordavam com essa forma de governar, lutavam contra o imperialismo.

O deputado ainda citou a luta que foi aprovar a Comissão Estadual da Verdade, que tantas vezes saiu de pauta por falta de quórum.

Lembrou que até hoje se chora por esse período, e que esta foi uma justa homenagem.

A homenagem contou com a presença de representantes do grupo Tortura Nunca Mais e da Comissão Nacional da Verdade, além de militares que lutaram contra a ditadura.