Deputado Luiz Paulo entrega medalha Tiradentes à Universidade Cândido Mendes

O deputado Luiz Paulo entregou em solenidade a Medalha Tiradentes e seu respectivo diploma à Universidade Cândido Mendes pelos 110 anos de atuação.

O reitor, professor Cândido Mendes disse estar honrado e feliz com a homenagem, e tenta ao máximo fazer com que a universidade tenha excelência de ensino.

“Somos uma universidade filantrópica. Digo isso para lembrar que, com o deputado Luiz Paulo, voltamos a um tempo moderado, de alguém que sabe como poucos movimentar-se na práxis política.”

No dia 11/06, a Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro outorgou, por iniciativa do deputado Luiz Paulo – PSDB, a Medalha Tiradentes à Universidade Candido Mendes por ocasião dos 110 anos completados no último dia 2 de junho. O evento, realizado na ALERJ, no Plenário Barbosa Lima Sobrinho, controu com a presença da diretoria da UCAM. A Banda da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro tocou o Hino Nacional, dando início à sessão.

As diretoras Profª. Andreya Navarro (Ipanema) e Profª.Tânia Petersen (FCPERJ), juntamente com os Pró-Reitores, Prof. Luiz Fernando (Educação a Distância) Prof. André Mendes(Institucional) e Profª Maria Isabel (Graduação e Pesquisa), assim como o diretor do IUPERJ, Prof. Geraldo Tadeu, estiveram na mesa solene representando, ao lado do Reitor, Prof. Candido Mendes, a Universidade Candido Mendes.

O deputado Luiz Paulo ressaltou a importância da Instituição. “Quantas universidades privadas são capazes de completar 110 anos? Seguramente, poucas. A Candido Mendes contribuiu e continua contribuindo formando e entregando à sociedade profissionais de qualidade. É uma Casa de Leis, de cultura, de compromisso com a educação. É uma referência nas pesquisas sociais, através do IUPERJ. Tudo isso nos leva a essa homenagem que já deveria ter sido prestada há muitos anos”, disse.

Segundo o deputado, o Reitor tem um papel importante no avanço da democracia. “A Candido Mendes tem um Reitor da mais alta qualificação, que honra e dignifica o país. É um filósofo, um doutor que discute e dialoga com os mais célebres pensadores do mundo e nos ensina o amor a verdade e a democracia”, declarou.

Luiz Paulo finaliza reiterando a importância da UCAM. “Aprender é fácil. O difícil é aprender a pensar. A Candido fornece essa reflexão, do aprender a pensar”, finalizou.

A Universidade Cândido Mendes surgiu, em 1902, como Academia de Comércio do Rio de Janeiro. Na década de 50, transformou-se na Escola Técnica de Comércio Cândido Mendes, dedicada ao ensino médio. Na mesma época, foi criada a Faculdade de Direito, sediada no Convento do Carmo, na Praça XV. Hoje a UCAM, como é carinhosamente chamada, conta com 16 unidades e 16 cursos de graduação, pós graduação, extensão e tem em seus quadros, 20 mil estudantes e mil professores e pesquisadores.