Luiz Paulo comenta prisão de possíveis executores do Fernandinho de Mesquita

O deputado Luiz Paulo discursou sobre a prisão dos possíveis assassinos de Fernando Leite, o Fernandinho de Mesquita, que faleceu em março deste ano, vítima de um atentado na Via Light.

Luiz Paulo parabenizou a ação da Secretaria de Segurança Pública, do Secretário José Mariano Beltrame e da Chefe de Policia Civil, Delegada Martha Rocha.

“Hoje venho elogiar a ação da Secretaria de Segurança Pública, do Secretário de Segurança Pública, Beltrame, da Chefe de Polícia Civil, Delegada Martha Rocha; dos policiais e do delegado que chefia a 53ª Delegacia Policial de Mesquita, que com a colaboração do Departamento Geral de Polícia da Baixada, DGPB, prenderam na manhã desta quarta-feira alguns suspeitos do assassinato: os mandantes e os que efetuaram o assassinato. Eles prenderam o Vereador Hailé da Fonseca Teffé dos Reis; o candidato a vereador José Carlos Ribeiro de Campos, conhecido como Zé Ferrugem, que estão sendo acusados de mandar matar o Fernando Marcelo de Almeida Leite, o Fernandinho, no dia 1º de março.

Também prenderam os possíveis executores dos homicídios, William Jorge Souza de Mendonça e Carlos Alberto Ribeiro de Campos, com os quais foram apreendidas pistolas e grande quantidade de munição, conforme informa o jornal O Dia, na sua edição da internet das 11h27, notícia que também encontrei no G1, na edição de 12h49, como também em uma audição da Rádio CBN. (…) Há a necessidade, também, de que prestemos as devidas congratulações pela ação eficaz, efetiva, da Polícia Civil através da sua 54ª Delegacia de Polícia. Como sou um Deputado de oposição, quase todas as vezes que venho aqui é para fazer críticas contundentes à gestão do atual Governo, e desta vez venho reconhecer a ação efetiva e me congratular com o mesmo.”

Leia a matéria publicada no jornal O Dia.
Leia a matéria publicada no G1.