Parcelas do Nova Escola são aprovadas

As duas últimas parcelas da gratificação Nova Escola aos vencimentos dos professores do Estado que serão antecipadas foram aprovadas e seguirão para sanção do governador, acrescida de reajuste de 4,5% para o Quadro Permanente da Faetec, servidores do Degase e quadro de apoio da secretaria de Educação e administração educacional da secretaria de Cultura.

O projeto de lei 1.423/12, que, originalmente apenas integralizava a incorporação, foi aprovado pela Assembleia Legislativa do Rio, hoje, na forma de um substitutivo da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) que aprovou nove das 30 emendas apresentadas. Dentre elas, as que concedem o reajuste, que será aplicado também aos vencimentos-base dos funcionários das fundações Leão XIII, Santa Cabrini e para Criança e Adolescência (FIA).

O deputado Luiz Paulo apesar de votar favoravelmente ao projeto, ressaltou que esse valor não é ainda o ideal da categoria. “A incorporação do Nova Escola é um ganho específico, mas é muito aquém da necessidade dos trabalhadores”- resumiu o deputado.