CapaNotícias

Luiz Paulo tenta garantir reajuste igual para servidores do Executivo Público

Foi discutido ontem no plenário, o projeto de lei 1681/2012 que aumenta o número de cargos para 400, como mínimo para os cargos de especialista em políticas publicas e gestão governamental.

Outro ponto da proposta é reajustar os salários de analista e assistente, entretanto os reajustes para o cargo de analista chegam a 45 % enquanto para assistente, apenas 20%. O deputado Luiz Paulo emendou o projeto, deixando os dois cargos com o reajuste igual de 45%.

“Não é justo que os profissionais que são melhor remurenados tenham um reajuste desigual daqueles que não o são. Aqui inverteu todo o conceito”.

Para o deputado, a lógica seria reajustar mais quem ganha menos. Ou reajustar por igual todas as carreiras.

Luiz Paulo então pediu ao presidente Paulo Melo que o projeto só retornasse à pauta, pois recebeu 10 emendas, quando houver uma reunião para discussão no colégio de Líderes e que, de preferência, a secretária executiva da Associação de Gestores Públicos do Estado do Rio de Janeiro, esteja presente.