CapaNotícias

Luiz Paulo entra com representação para interromper obras do metrô em Ipanema

O deputado Luiz Paulo entrou com representação no Ministério Público para interromper parcialmente as obras do metrô em Ipanema, até que se diagnostique os motivos para o aparecimento de cratera na rua Barão de Torre, na madrugada do dia 11 de maio. “Há vários relatos dos moradores de prédios no entorno que estão com insegurança, então essa é apenas uma medida para devolver tranquilidade à população local”, afirma o parlamentar.

destaque-site-cratera

O afundamento abriu um buraco de 16m² e de 2,5m de profundidade, provocando desmoronamento de portão, danos a muros, fissuras e rachaduras em prédios, além de avarias nas tubulações de gás e água. A Defesa Civil municipal imediatamente interveio e paralisou as obras. O deputado Luiz Paulo suspeita que o acidente se deve em função da ação do tatuzão, máquina que está perfurando o túnel em região arenosa. “Um dia o mar chegava até ali e a areia é um dos solos mais complexos para você fazer escavação, pois os grãos não se unem”, explica.

O parlamentar diz que pode ter havido fuga de areia no momento em que o tatuzão ia furando o solo, desestabilizando a superfície do entorno e provocando o afundamento. “Pode ter havido infiltração de uma galeria de água fluvial que se rompe ou então de uma pequena adutora que se rompe, o que também pode promover fuga de areia”, analisa o líder do PSDB na Alerj.

Para o deputado, as autoridades precisam dizer se houve falha no projeto, na execução ou se houve questões imprevisíveis. “Na forma como esse projeto foi desenvolvido, sem licitação e sem estar no planejamento metroviário da nossa cidade, as hipóteses de um projeto incompleto ou de uma falha na execução, ou até mesmo as duas associadas, é uma hipótese provável”, avalia Luiz Paulo.