Destaque NotíciasNotícias

Desemprego pode aumentar com a redução do valor do Bilhete Único

bilhete-unico

O Líder da bancada do PSDB, deputado Luiz Paulo, disse nesta quarta-feira, 23 de novembro, que o Governo pode estimular o desemprego caso mantenha o valor do Bilhete Único em  150 reais.  Ele  votou pela inconstitucionalidade ao projeto de lei 2.248/16, do Executivo,  que limita o valor mensal do subsídio do Governo ao usuário do Bilhete Único Intermunicipal. O PL recebeu emendas e voltará à pauta em dezembro para ser votado.  Para o deputado, a  limitação deste valor é uma “perversidade” com a população mais carente.  ” Se este valor de for mantido em R$ 150, o desemprego será enorme. O cidadão que mora em Itaboraí e trabalha em Copacabana terá que pagar R$ 30 reais por dia de passagem de ida e volta (duas passagens de ônibus e duas de metrô). Isso multiplicado por 22 dias,  vai custar R$ 660,00 por mês.  O cidadão vai ter que complementar a passagem em R$ 500. Esse valor será transferido para o patrão que não vai querer complementar e acabará demitindo este funcionário”.

O parlamentar,  autor de várias emendas , disse que se este projeto é profundamente injusto. ” Quem mora em Itaboraí, Tanguá, Sepetiba, Mangaratiba, Seropédica, São Gonçalo será bastante prejudicado. Esses municípios são atendidos somente por ônibus, não por outro meio de transporte”. Para ele, se o projeto não for modificado, a sugestão é que vá para arquivo. “Se o projeto não sofrer grandes modificações. Sugiro que o caminho seja o arquivo ou lixo”, diz o  Líder do PSDB.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *