Região Metropolitana do Rio ocupa último lugar em mobilidade urbana

Índice de Bem-Estar Urbano aponta a Região Metropolitana do Rio na 12º posição em qualidade de vida, entre 15 regiões avaliadas.

Reportagem do Jornal O Globo deste domingo (25.08), destacou avaliação de 15 regiões metropolitanas do Brasil. Foram abordadas questões como atendimento em serviços públicos, condições ambientais, e principalmente (falta de) mobilidade urbana.

Defensor dos Municípios que integram a Região Metropolitana do Rio, o deputado Luiz Paulo é um dos autores da Lei 5192/2008, que prevê a elaboração do Plano Diretor Estratégico da Região Metropolitana.

No entanto, o Governo do Estado não cumpre a lei que poderia minimizar os problemas que fazem a Região Metropolitana ocupar o 12º lugar na pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano e Regional (IPPUR) da UFRJ.

“É preciso pensar e agir de forma conjunta soluções para a Região Metropolitana. O não cumprimento desta lei está levando a Região Metropolitana a um total desordenamento, que fatalmente não terá como ser revertido”, afirma Luiz Paulo.

Veja o gráfico O bem-estar urbano no Brasil e no Rio