Luiz Paulo se mostra perplexo com possibilidade de cadastro de eleitores no TSE ir para o Serasa

O deputado Luiz Paulo discursou na tarde desta quinta feira, sobre uma matéria veiculada no Jornal O Globo que afirmava que o Tribunal Superior Eleitoral, através da sua Corregedoria, estaria assinando um convênio com o Serasa para passar o cadastro de 141 milhões de eleitores àquela instituição privada, especializada em bloquear créditos de inadimplentes.

Ele se mostrou revoltado e perplexo por ter sido uma decisão ao arrepio dos Ministros e principalmente por ser uma quebra de sigilo e espera que este convênio seja cancelado.

“Tenho certeza de que este convênio será cancelado por decisão dos Ministros do TSE e será apurado o porquê desse convênio. Porque isto pode estar na linha da improbidade ou na linha do peculato. Mas felizmente o equilíbrio dos nossos Ministros do TSE e alguns membros do próprio STF – como o caso da Ministra Carmen Lúcia e do Ministro Marco Aurélio – vai espancar essa ação da corregedoria do próprio TSE porque tudo está acontecendo à revelia dos mesmos.”