Luiz Paulo salienta função parlamentar de fiscalizador do poder executivo

O deputado Luiz Paulo, no retorno das atividades parlamentares, ressaltou que as manifestações enfatizam que os que comandam não representam o movimento das ruas e mostra a crise na dita democracia brasileira.

“Se um governo passa a agir de forma imperativa com um parlamento submisso, exacerba a distância com a sociedade”- destaca.

Ele lembrou ainda que a exigência que ele, deputado Paulo Ramos e deputado Marcelo Freixo fizeram em relação às viagens do governador em helicópteros do Estado, não foram meros chiados.

Em decreto emitido em 11 de setembro de 2012 (43770), é disposta a gestão operacional e patrimonial da frota de veículos oficiais e disciplina o uso dos mesmos. Os artigos 21,22 e 24, especialmente, regulamentam a forma de como eles devem ser usados, inclusive vetando que pessoas estranhas ao serviço público, familiares e animais façam uso dos veículos. “Se não pode nos carros oficiais, não pode em helicóptero”- questiona Luiz Paulo, salientando que helicóptero também são considerados veículos oficiais.