Alerj Entrevista debate o mal do crack

O programa Alerj Entrevista sobre o consumo de crack no estado do Rio de Janeiro com o deputado Luiz Paulo vai ao ar nesta terça-feira, 20 de setembro às 21 horas e reprisado no sábado, 24 de setembro, às 12:30 horas.

O crack é preparado a partir da extração de uma substância da planta Erythroxylon coca. Chamada benzoilmetilecgonina, esse alcalóide é retirado das folhas da planta, dando origem a uma pasta: o sulfato de cocaína. Chamada, popularmente, de crack, tal droga é fumada, na maioria das vezes, com cachimbos.

 

A droga, cerca de cinco vezes mais potente que a cocaína, é também relativamente mais barata e acessível que outras drogas. O crack tem sido cada vez mais utilizado não somente por pessoas de baixo poder aquisitivo. Ele está, hoje, presente em todas as classes sociais e em diversas cidades do país. Assustadoramente, cerca de 600.000 pessoas são dependentes, somente no Brasil.

 

Problemas enfrentados com o consumo da droga tem feito com que a sociedade atente para a situação crítica em que se encontra o sistema social para o cuidado dos dependentes químicos. Os políticos vêm debatendo possíveis soluções para este mal que se encontra cada vez mais presente no cotidiano do Rio de Janeiro e do Brasil.

 

Não deixe de assistir na TV Alerj o programa Alerj Debate sobre o problema do crack no Brasil.