Crise mundial e investimentos no Rio de Janeiro

A crise econômica mundial vem deixando os brasileiros pensativos. No noticiário, diariamente, o assunto economia vem ocupando espaço. As bolsas vivem momentos de instabilidade. O enfraquecimento da maior economia do mundo, os Estados Unidos, ligou o sinal de alerta nas demais. Esta crise acontece em um momento em que os principais eventos esportivos do mundo estão programados para acontecer na cidade do Rio de Janeiro. As ações neste contexto de crise, assim como os motivos que levaram a este panorama foram os assuntos abordados no programa Alerj Debate, que contou com a presença dos deputados Luiz Paulo (PSDB) e Comte Bittencourt (PPS).

A economia americana vem enfraquecendo nos últimos anos. Um conjunto de fatores fizeram com que a principal economia do mundo e, consequentemente, sua moeda, tenham sido desvalorizados. O deputado Luiz Paulo, durante o programa Alerj Debate, defendeu que o dolar não pode mais servir como parâmetro para reger a economia do mundo. “Não pode mais o dolar lastrear a economia mundial, mas sim uma bolsa de moedas, as mais fortes do mundo”, defendeu o deputado, que defendeu que é necessário um debate sobre o assunto.

Além dos Estados Unidos, outra potência vem passando por dificuldades neste ano de 2011. A União Europeia também enfrenta os impactos da crise mundial. Algumas economias do continente estão à beira da falência, como Grécia e Itália. A Alemanha é apontada como a única economia que se mantém forte nos dias atuais. Luiz Paulo atenta para o perigo em caso de saída do país do comércio comum europeu. “O Euro viraria pó”, disse o parlamentar.

Neste contexto mundial, onde as principais economias e blocos econômicos do mundo vêm passando por dificuldades, muitos investidores procuram alternativas para aplicar seus recursos. Uma pesquisa realizada pela consultoria Financial Dynamics (FD) ouviu investidores como BlackRock, Franklin Templeton e Boston Company Asset Management. Nela, mostrou-se que o Brasil é o país preferido entre os Brics, que são os países que se destacaram no cenário mundial pelo rápido crescimento das suas economias em desenvolvimento e incluem Rússia, Índia e China, por investidores norte-americanos no mercado acionário.

Enquanto a economia brasileira vai se destacando em nível mundial, muitos investimentos têm sido feitos em decorrência da Copa do Mundo de 2014 e das Olimpíadas de 2016. Espera-se que o Rio de Janeiro saia fortalecido, mesmo em cenário de crise. Obras em infra-estrutura e investimentos feitos em todo o Estado podem credenciar o Rio de Janeiro como uma das principais cidades do mundo. Saber aproveitar este momento é o principal ponto a ser discutido.

Assista ao programa, na íntegra, onde os deputados falam sobre a mudança na economia mundial e o momento favorável de investimentos no Estado do Rio de Janeiro.

Parte 1:

 

Parte 2